MENU

CNM/CUT apoia e orienta categoria a assinar Carta em Defesa da democracia

Veja como assinar você também

Publicado: 03 Agosto, 2022 - 12h29 | Última modificação: 03 Agosto, 2022 - 12h38

Escrito por: Redação CNM/CUT

Edson Rimonatto/CUT
notice

Na tarde desta terça-feira (3), a Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT) divulgou uma nota em defesa da Democracia e pediu para que a categoria assine a “Carta aos Brasileiros e Brasileiras em Defesa do Estado Democrático de Direito” rumo a um milhão de adesões.  [veja abaixo como assinar] A carta será lída no ato em defesa da democracia em São Paulo

A CNM/CUT, em nota, disse que a entidade vem cumprindo seu papel de estar na defesa do fortalecimento da democracia e da universalização dos direitos desde sua existência, reafirmando constantemente sua participação ativa na construção de políticas públicas e políticas afirmativas em vários setores e segmentos da sociedade.

A entidade também diz que somente na democracia o povo, a classe trabalhadora, consegue preservar e avançar nos direitos, nos acordos coletivos, nas luta por empregos; saúde e educação, e por isso a defesa incansável da democracia é importante.

“Orientamos que a nossa categoria metalúrgica da CNM/CUT assine a Carta aos Brasileiros e Brasileiras em Defesa do Estado Democrático de Direito, documento elaborado pela Faculdade de Direito da USP em defesa da democracia e do sistema eleitoral brasileiro apoiado pela CNM/CUT”, finaliza o documento com o link da carta.   

Como Assinar a Carta:

Acesse a página: https://estadodedireitosempre.com/

Leia a carta até o final e preencha com seu nome, CPF, e-mail, ocupação ou atividade e clique no botão assinar.

Veja nota na íntegra:

Defesa da democracia

A Confederação Nacional dos Metalúrgicos da CUT (CNM/CUT) atua em todas as questões que interferem direta e indiretamente na vida do trabalhador e da trabalhadora. A CNM busca garantir melhor qualidade de vida, inclusão social e denúncias de práticas antisíndicas.

A entidade vem cumprindo seu papel de estar na defesa do fortalecimento da democracia e da universalização dos direitos desde sua existência, reafirmando constantemente sua participação ativa na construção de políticas públicas e políticas afirmativas em vários setores e segmentos da sociedade.

E a gente quer afirmar que somente na democracia o povo, a classe trabalhadora, consegue preservar e avançar nos direitos, nos acordos coletivos, nas luta por empregos; saúde e educação.

Orientamos que a nossa categoria metalúrgica da CNM/CUT assine a “Carta aos Brasileiros e Brasileiras em Defesa do Estado Democrático de Direito”, documento elaborado pela Faculdade de Direito da USP em defesa da democracia e do sistema eleitoral brasileiro apoiado pela CNM/CUT.   

Esse documento será lido durante ato na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), no Largo São Francisco, em 11 de agosto, por eleições livres e contra a violência política.

 

Link para assinar documento:

https://estadodedireitosempre.com/