MENU

Vagner Freitas, do Sesi, conhece Câmara Temática da Indústria de São Leopoldo (RS)

Ex-presidente da CUT Nacional ressaltou a importância e ineditismo da iniciativa por reunir representantes dos trabalhadores, empresários, poder público e universidade para pensar o desenvolvimento do setor

Publicado: 20 Julho, 2023 - 09h55 | Última modificação: 20 Julho, 2023 - 10h04

Escrito por: Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de São Leopoldo e Região

notice

Na tarde de ontem (19), diretores do Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de São Leopoldo e Região (STIMMMESL), no Rio Grande do Sul, participaram de uma reunião da Câmara Temática da Indústria de São Leopoldo com o Presidente do Conselho Nacional do Sesi, Vagner Freitas.

No encontro foi apresentado a história de como se deu a formação da Câmara Temática, ainda no período crítico da pandemia de covid-19 e como as entidades participantes foram se inserindo. Os projetos que estão em elaboração para fomentar a qualificação profissionais de jovens também foram apresentados na reunião.

Ex-presidente da CUT Nacional, Vagner Freitas ressaltou a importância e ineditismo da iniciativa por reunir representantes dos trabalhadores, empresários, poder público e universidade para pensar o desenvolvimento do setor. Freitas se comprometeu a acompanhar os trabalhos da Câmara e ser um porta-voz do grupo em todo o Brasil.

Também participaram da reunião, o presidente da CNM/CUT, Loricardo de Oliveira, o tesoureiro da FTM-RS e integrante do comitê executivo da Câmara, Milton Viário e o superintendente regional do Trabalho no Rio Grande do Sul, Claudir Nespolo.

Instituída por meio do decreto nº 10.017 da Prefeitura de São Leopoldo em dezembro de 2021, a iniciativa visa recuperar e revitalizar o setor industrial de São Leopoldo. Além da Prefeitura, a Câmara Temática da Indústria é composta pela Câmara de Vereadores, 15 sindicatos da Indústria e dos Trabalhadores de São Leopoldo, Novo Hamburgo e região, ACIST-SL, FTMRS, CNM-CUT, Unisinos, IFSul – Campus Sapucaia do Sul, Escola Técnica Estadual Frederico Guilherme Schmidt, Escola Técnica Mesquita, SENAI, SESI e SEBRAE, além de outros atores que participam de forma eventual.